53 mil usuários de planos de saúde do AM podem ser beneficiados com novo cálculo da ANS em 2019

A Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS deve mudar o cálculo de reajuste dos planos de saúde em 2019. A medida de atingir oito milhões de pessoas que são usuárias dos planos de saúde em todo o país. O cálculo do reajuste máximo anual dos planos de saúde será diferente.

Mas, o que muda?

Durante muito tempo, o aumento para esses planos individuais e familiares contratados a partir de 1999 era baseado na variação dos planos coletivos com mais de trinta participantes. Mas, agora uma nova fórmula vai estipular o aumento máximo da mensalidade calculando as despesas assistenciais das operadoras de saúde mais a variação do IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

O Diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Rogério Scarabel, detalha como será. “Para chegar ao índice anual de reajuste, a ANS vai descontar a eficiência na gestão dos planos e também a variação de gastos pela faixa etária”. Segundo o órgão, esses fatores devem contribuir para diminuir o reajuste e beneficiar quem tem esse tipo de plano de saúde.

Em nota, a Abrangi disse que o novo cálculo do reajuste não acabará com o desequilíbrio nas contas das operadoras nos últimos anos, mas que poderá ser modelo transitório que oferecerá mais transparência e segurança.

 

 

 

 

 

 

Fonte. Dayana Vítor – radioagencianacional.ebc.com.br

Foto. Cléber Maia


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *