De baixo de chuva, professores fazem protesto no Centro

Professores da rede estadual de ensino decidiram manter a greve geral marcada para essa segunda-feira (15). O grupo afirma que já está de braços cruzados hoje e deve realizar protesto a partir das 9h, na Praça da Polícia, no Centro, mesmo sendo a greve considerada ilegal pela Justiça. Em comunicado, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) informa que não foi notificado formalmente sobre a decisão da Justiça do Amazonas e enfrenta o Governo afirmando que não voltará as salas de aulas enquanto o aumento de 15% exigido não for concedido.
Categoria
“Nossa intenção é chamar a atenção da sociedade. Nossa categoria ficou 4 anos sem reajuste salarial, está há dois sem progressões horizontais e o auxílio localidade está congelado em R$ 30, há 30 anos. Aumento de 3,93% é vergonhoso. Perdemos quase 10% do poder de compra ao longo desses quatro anos e vamos até o fim para retomar a autoestima da nossa categoria. Não são só professores. Não só profissionais com título”, afirma Ana Cristina Rodrigues, presidente do sindicato. Trabalhadores de pelo menos 23 municípios devem paralisar as atividades nas escolas estaduais a partir do dia 15. Por enquanto, não há sinalização de nova data para negociação por parte do governo.

Posicionamento

Em nota, a Seduc-AM informou que a decisão da Justiça, que atende um pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) em relação ao indicativo de greve dos sindicatos, teve como objetivo assegurar o funcionamento da rede estadual de ensino e não prejudicar os 420 mil alunos.

Para os trabalhadores da educação, conforme a Seduc-AM, além do cumprimento da data-base, o Estado apresentou a proposta de pagamento das progressões horizontais por tempo de serviço, garantindo mais 2% de reajuste para 22 mil profissionais da educação. Além disso, propôs o pagamento das progressões verticais por qualificação que podem representar ganhos de 12%, 50% e 55%. As duas propostas foram apresentadas como uma alternativa para garantir ganhos reais aos servidores da educação.

Fonte. portalacritica.com
Foto. Divulgação

Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *