Manaus se mobiliza pelo combate à hanseníase no Janeiro Roxo

Em Manaus, as ações de combate à doença vão até o dia 27 deste mês, quando se lembra o Dia Mundial de Combate à Hanseníase; mas estão previstas atividades até o dia 31.

Equipes de saúde vão atuar nas quatro zonas da cidade; além da área rural e do entorno fluvial. Estão previstas atividades educativas, de acolhimento, diagnóstico e tratamento da população. Lembrando que o atendimento às pessoas com hanseníase é feito pelo sistema público de saúde de forma gratuita.

Também estão programados mutirões para exames dermatológicos, rodas de conversa, palestras educativas em associações e empresas, além de uma mostra itinerante, em pontos estratégicos da cidade, com informações sobre a doença. De acordo com a Secretaria de Saúde em Manaus, foram registrados 459 novos casos de hanseníase no estado do Amazonas em 2017.

Na capital, foram 128 registros. Uma redução de 23% em relação a 2016. Em caso de mancha na pele, com perda de sensibilidade, a recomendação é buscar uma unidade de saúde. A hanseníase tem cura e assim que o tratamento é iniciado, não é mais transmitida.

 

 

 

 

 

Fonte. Michele Moreira – radioagencianacional.ebc.com.br
Fotos. amnews.com.br – acritica.com

 


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *