Saída de Moro pode mexer no Comando Militar da Amazônia

A mudança no ministério da Justiça e Segurança Pública pode atingir o mais alto posto do Comando Militar da Amazônia em Manaus. O então braço direito do agora ex-ministro da Justiça Sérgio Moro era o general da reserva Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, que ocupa o cargo de secretário Nacional de Segurança Pública.
General Guilherme Theophilo já comandou o CMA, a família Theophilo tem grande legado no Exército Brasileiro e atualmente é um dos irmãos mais novos de Guilherme que comanda o CMA.

O General Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira assumiu em Janeiro desse ano a função com a saída do General Augusto Nardi. Tendo em vista que o pronunciamento de Sérgio Moro incomodou o presidente da República, a mudança no alto escalão do Ministério da Justiça e Segurança Pública é dada como certa por fontes consultadas pelo Portal do Norte.

Nas próximas horas o secretário Nacional de Segurança Pública deve pedir exoneração também, o que vai incomodar Bolsonaro que poderá em contrapartida mudar também o comando do CMA.


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *