Saída de Moro pode mexer no Comando Militar da Amazônia

Saída de Moro pode mexer no Comando Militar da Amazônia

A mudança no ministério da Justiça e Segurança Pública pode atingir o mais alto posto do Comando Militar da Amazônia em Manaus. O então braço direito do agora ex-ministro da Justiça Sérgio Moro era o general da reserva Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, que ocupa o cargo de secretário Nacional de Segurança Pública.
General Guilherme Theophilo já comandou o CMA, a família Theophilo tem grande legado no Exército Brasileiro e atualmente é um dos irmãos mais novos de Guilherme que comanda o CMA.

O General Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira assumiu em Janeiro desse ano a função com a saída do General Augusto Nardi. Tendo em vista que o pronunciamento de Sérgio Moro incomodou o presidente da República, a mudança no alto escalão do Ministério da Justiça e Segurança Pública é dada como certa por fontes consultadas pelo Portal do Norte.

Nas próximas horas o secretário Nacional de Segurança Pública deve pedir exoneração também, o que vai incomodar Bolsonaro que poderá em contrapartida mudar também o comando do CMA.


Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta