PGR pede inquérito para investigar compra de respiradores em adega

O site, O Antagonista divulgou nesta segunda-feira, 27, que a Procuradoria
Geral da República (PGR), pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) abertura de inquérito para apurar a compra pelo governo do Amazonas de 24 ventiladores hospitalares pelo valor de R$ 2,9 milhões.

Segundo o MP de Contas, o equipamento foi adquirido com sobrepreço de 316% e não é adequado para tratamento de pacientes com Covid-19.

Além disso, a venda foi feita por uma adega de vinhos (Vineria Adega), cuja razão social é FJAP e Cia.

O Antagonista apurou que a PGR identificou possível envolvimento do governador Wilson Miranda (PSC) no caso.

Todo o procedimento de compra foi concluído em 24 horas, desde o envio da proposta, homologação, emissão da nota fiscal e liberação da ordem bancária.

O Amazonas sofre com índices alarmantes de vítimas de Covid-19 e a Assembleia Legislativa aprovou dias atrás intervenção federal na Saúde do estado.

Fonte. oantagonista.com.

Avatar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *