Alejandro Valeiko tem prisão temporária decretada pela Justiça

Alejandro Valeiko tem prisão temporária decretada pela Justiça

Caso Flávio: A Justiça do Amazonas decidiu nesta segunda-feira (07), pela prisão temporária de Alejandro Molina Valeiko, um dos suspeitos de participar da morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42. Alejandro era o único dos acusados que ainda estava solto, cumprindo prisão domiciliar por força de Hábeas Corpus concedido pela desembargadora Joana Meirelles, magistrada do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A ordem de prisão temporária partiu da decisão do desembargador José Hamilton Saraiva, desembargador TJAM. O acusado desembarcou nesta segunda (07), por volta das 10h50, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste de Manaus. Ele estava internado em uma clínica de reabilitação no Rio de Janeiro, de acordo com os advogados.

O caso
O engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto no início da tarde do dia 30 de setembro em um terreno no Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Flávio estava desaparecido desde a noite do dia 29, após participar de uma festa no condomínio de luxo onde mora Alejandro, no bairro Ponta Negra, também na Zona Oeste da cidade.

Fontes. acritica.com; blogdoholanda.com.br


Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta