Elisabeth Valeiko tenta furar fila para visitar filho em unidade prisional

Familiares de outros detentos que aguardavam a entrada do lado de fora filmaram a cena

Por volta do domingo (8), às 16h, Elisabeth Valeiko, a esposa e primeira-dama do prefeito de Manaus, Elisabeth Valeiko, tentou entrar no Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM) para visitar o filho Alejandro Valeiko, suspeito pela morte do engenheiro Flávio Rodrigues, mas foi barrada pela Coordenação do Sistema Prisional (Cosipe), pois não possuía cadastro de visitante. Elisabeth chegou em um carro modelo SW4, com sua advogada, seguido de dois policiais militares que faziam sua segurança em um corolla branco. A primeira-dama ainda tentou entrar com bolo e salgado, mas foi impedida, porque desde julho o CDPM não está aceitando a entrada de comida externa nas unidade, de acordo com cumprimento à Portaria Interna n. 072/2019.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) esclareceu que os visitantes do sistema prisional devem realizar o cadastro por meio do aplicativo Visita Legal ou pelo site www.visitalegal.am.gov.br. Em seguida, os familiares devem agendar atendimento na Central de Atendimento às Famílias, localizada na rua Gabriel Salgado, s/n, Centro, para apresentação dos documentos (original e cópia) e aguardar a liberação da unidade para realizar a visita no fim de semana

“Em relação aos policiais militares que faziam a escolta da primeira-dama, a Seap informa que comunicará o fato à corregedoria do sistema para apurar suas condutas. A Seap reitera que não há privilégio no atendimento a visitantes do sistema prisional” finaliza a nota.

Familiares de outros detentos que aguardavam a entrada ainda do lado de fora filmaram a cena, entre reclamações e vaias.

Por Redação / pautaportal@gmail.com


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *