Alejandro Valeiko vai para presídio em Manaus

Cotidiano

Alejandro Valeiko, um dos indiciados pelo homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, deixou o Instituto Médico Legal (IML) na tarde deste sábado (7) e foi levado para uma unidade prisional de Manaus. Ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) de um hospital particular da capital desde a noite de quinta-feira (5).

Valeiko chegou ao Instituto algemado e sob escolta policial por volta das 14h20. Cerca de trinta minutos depois ele deixou o local sem falar com a imprensa.

A defesa de Alejandro informou na sexta-feira (6) que ele havia sido encaminhado para o hospital para fazer exames. “Ele foi e voltou da clínica algumas vezes para repetir exames. Da última vez que foi, já precisou ficar internado na CTI do hospital. Informamos ao juízo a respeito da internação. Sobre motivos e complicações, falam os médicos”, informou o advogado Yuri Dantas.

O delegado Guilherme Torres, titular do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde Valeiko estava anteriormente -, acompanhou a transferência para a unidade prisional.

“Na noite de ontem, a Seap encaminhou dois médicos que verificaram a situação dele – que tinha melhorado (…) Hoje saíram todos os laudos e está tudo ok nos exames. Nós viemos com ele aqui para o IML e ele está sendo, agora, conduzido para triagem”, disse.

Em nota, divulgada neste sábado, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que Alejandro Valeiko foi levado para o Centro de Recebimento e Triagem (CRT). De lá, ele será conduzido para o Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM 1), situado no km 8 da rodovia BR-174.

Fonte. G1 Am

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *