Festival Amazonas Jazz recebe apoio da UEA

Totalmente reformulado, evento acontece de 21 a 29 de março, em ambientes de visuais variados.

Incentivando a disseminação e a valorização da cultura local, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) garantiu apoio ao Festival Amazonas Jazz, que, no próximo ano, vem totalmente repaginado para comemorar a sua 10ª edição. O evento acontece no período de 21 a 29 de março, em diversos aparelhos culturais, teatros e na universidade.

Na manhã desta quinta-feira (26/12), o reitor da UEA, Cleinaldo Costa, recebeu o secretário de cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz, o diretor artístico do Festival, Rui Carvalho, e a produtora executiva e coordenadora geral do Festival, Inês Daou, para conhecer a nova estrutura do evento. Na ocasião, Cleinaldo reafirmou o compromisso da UEA com a cultura do Amazonas e enfatizou que um dos aspectos da instituição é promover a cidadania e a inclusão social por meio da arte.

“A UEA dará todo apoio ao Festival Amazonas Jazz, que durante nove dias estará desenvolvendo o cenário cultural do nosso Estado. Será um momento muito importante, onde teremos um intercâmbio com os maiores valores do jazz do Brasil e do mundo. Transformar a cultura em cidadania é um legado vivo, é o que movimenta uma cidade, um estado e o País”, disse o reitor.

Já o secretário Marcos Apolo Muniz enfatizou o apoio da UEA para a realização do Festival e revelou que o objetivo do evento é muito mais amplo e vai além das apresentações no teatro.

“Essa parceria com a UEA é muito importante para fortalecer o festival. Na nossa 10ª edição, teremos uma programação acadêmica que vai envolver diretamente a universidade. Durante o evento, teremos uma série de workshops e palestras dentro da UEA, com profissionais do mundo inteiro. Essa é umas das propostas para resgatar o festival que vem abrangente em 2020” destacou o secretário.

Programação do Festival – Durante os nove dias de Festival, serão mais de 15 apresentações reunindo a nata da música instrumental brasileira com a elite do jazz mundial, além de workshops e palestras absolutamente gratuitos, totalmente abertos à comunidade.

Improvisação, percussão brasileira, pedagogia musical, jornalismo cultural, ritmos tradicionais da Amazônia, dança contemporânea, áudio e sonorização, bem como iluminação de cena, serão alguns dos temas abordados.

O jazz vai acontecer nos flutuantes, onde serão apresentados concertos e o prêmio Jovem Instrumentista, às margens do Rio Negro.

 

Foto. Joelma Sanmelo – Ascom UEA


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *