Violência contra mulheres aumentou 95% no feriado de Ano Novo em Tocantins

A violência contra as mulheres no estado do Tocantins superou os 95% de aumento nos registros de ocorrências violentas da Polícia Militar daquele estado, durante o período do do plantão do feriado de Ano Novo (2018/19). O índice de atendimento nestes casos foi maior do outros casos quase dobrou em relação a feriado de (2017/18) e revelou a hostilidade dos relacionamentos conjugais vivenciados por elas. Dos 41 casos registrados, 37 foram de agressões físicas.

O levantamento da Polícia Militar (PM) aponta que as agressões entre os dias 31 de dezembro e 1° de janeiro quase dobrou. No mesmo período do ano passado foram registradas 21 agressões. Já nesse ano foram 41.
A PM explica que os crimes se tratam de violência física e a contagem de ocorrências foi encerrada às 18h do dia 1°.

A maioria das mulheres agredidas é vítima do próprio companheiro. Segundo o capitão da Polícia Militar, Gleidison Carvalho, porta voz da PM tocantinense, esse tipo de violência costuma aumentar nas festas de final de ano. “As mulheres podem estar denunciando mais. Elas estão sendo motivadas a denunciar o fato. Percebemos a violência física, que é o último estágio. Começa com a moral, com intimidação e verbal”, explicou.

Os dados englobam as cinco formas de violência contra a mulher: física, psicológica, patrimonial, sexual e moral. Dos 41 casos registrados, 37 foram de agressões físicas. A maioria das denúncias foi feita por meio do número 190.

A violência contra a mulher foi a ocorrência mais atendida pela Polícia Militar do Tocantins no Réveillon, ficando na frente dos registros de furto, que caíram de 36 para 32 este ano, e das lesões corporais no trânsito, que reduziram de 18 para 10 casos.

 

 

 

 

Fonte. radios.ebc.com.br – g1.globo.com
Foto. g1.globo.com


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *