You are currently viewing Povos indígenas discutem o direito à terra e à vida no município de Tefé, no Médio Solimões

Povos indígenas discutem o direito à terra e à vida no município de Tefé, no Médio Solimões

Teve início nesta segunda-feira (15/4), às 8h, no Centro de Estudos Superiores de Tefé da Universidade do Estado do Amazonas (Cest/UEA), a Semana Nacional dos Povos Indígenas 2019, com o tema “Em Defesa da Constituição Federal, contra o roubo e a devastação dos territórios indígenas”. A programação da Semana segue até a quinta-feira (18/4) com os Jogos Interculturais na Aldeia Barreira de Baixo, terra indígena demarcada em Tefé, proporcionando o encontro das etnias Kambeba, Tikuna, Miranha, Kokama, Kaixana, Apurinã e Mayoruna.

Organizada pela UEA, Fundação Nacional do Índio (Funai), Conselho Indígena Missionário (Cimi) e Coordenação de Educação Escolar Indígena da Secretaria Municipal de Educação de Tefé (Semed/Tefé), a Semana chega ao Cest com uma variedade de atividades e manifestações culturais, durante as quais muitas comunidades vão discutir a questão da terra como direito constitucional e a garantia desse território para as etnias como forma de conservação de suas línguas, culturas e matrizes.

A professora do Cest/UEA, Rita Machado, destaca a importância deste encontro como momento oportuno para essas discussões no município de Tefé. “Seis mil indígenas vão realizar essa Semana no Brasil de Norte a Sul. Trouxemos a população indígena do nosso município e dos arredores para dentro da universidade com a finalidade de discutir questões tão importantes sobre sua educação e seus direitos. E, nada melhor que a universidade, como sendo um espaço de discussão, construção de conhecimento e de reconhecimento de direitos”, salientou.

Rita ressaltou a importância da UEA para os cerca de 100 alunos autodeclarados indígenas no Cest. “Nesta edição, um dos temas discutidos será o empoderamento da mulher indígena. Temos entendido que isso é bem importante no seio das comunidades tradicionais e é uma pauta obrigatória pra sociedade atual”.

A mesa redonda “Alto lá, esta terra tem dono!”, organizada pela professora, contará com representantes da Funai, Cimi e Semed/Tefé, ao lado de lideranças indígenas, como Valcidheice Kokama e Marcela Kaixana, alunas do curso de Letras do Cest.

A abertura do evento contará com danças e exibição de documentários produzidos pelas comunidades indígenas do Médio Solimões, voltados para a educação, bem-estar e outras temáticas pertinentes. Durante as atividades, haverá ainda exposições e comercialização de artesanato indígena.

 

 

 

FOTOS: Divulgação – Ascom UEA


Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta