Com dezenas de suicídios registrados, Ponte Rio Negro completa oito anos em 2019

Inaugurada no dia 24 de outubro de 2011, a Ponte Jornalista Jornalista Phelipe Daou, popularmente conhecida como Ponte Rio Negro, completou oito anos nesta quinta-feira. Com uma extensão de 11 km, a Ponte Rio Negro interliga Manaus aos municípios de Iranduba, Manacapuru, Novo Airão e foi criada para colaborar no desenvolvimento econômico da região metropolitana da capital.  Entretanto, o seu estilo estaiado e sua extensão sobre um dos maiores afluentes do rio Amazonas deixou de chamar a atenção de quem chega à capital através das embarcações e dos transportes aéreos, devido ao alto número de suicídios no local.

Foi pensando nisso que um grupo de médicos psiquiatras se reuniu para mobilizar a população na campanha Ponte Segura. O grupo composto por quatro médicos psiquiatras, e que existe desde 2016, idealizou o projeto neste mês de outubro e conta também com o apoio de psicólogos que atuam na ponte fazendo plantões voluntários.

Dra Alessandra, uma das médicas da campanha, afirma que, somente este ano, 66 casos de suicídio foram registrados em Manaus, o equivalente a uma intercorrência a cada quatro dias. Há uma estimativa de que para cada caso registrado, haja pelo menos outros não notificados como suicídio, e para cada caso desses há provavelmente de 15 a 20 tentativas de suicídio.

http://portaldonorte.com/cidadania/saude/campanha-ponte-segura-mobiliza-sociedade-para-a-prevencao-ao-suicidio/

Por Redação / pautaportal@gmail.com


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *