Ceará registra 127 homicídios desde início do motim da PM

Entre as mortes estão feminicídios, lesão corporal seguida de morte e latrocínios. Greve entra em seu sexto dia.

Sobe para 127 o números de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em todo o Ceará desde o início de motins dos policiais militares, no dia 18 de fevereiro, que paralisaram as atividades por falta de acordo com o governo do estado referente à reestruturação salarial. Só no sábado (23/02/2020) foram 34 homicídios.

Os CVLIs englobam os casos que se enquadram como homicídio doloso e feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. Na sexta-feira, 21, o número de CVLI chegou a 37, o dia mais violento registrado desde o início de 2020. Até então, o dia com maior números de casos foi em 18 de janeiro, com 17 mortes.
Mesmo com reforço da Força Nacional e do Exército na segurança do Estado, os crimes continuam acontecendo.

Ao todo, 2,8 mil homens ocupam as ruas da capital e de algumas cidades do interior com o intuito de amenizar os efeitos da crise na segurança pública. A medida está dentro da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) decretada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Fonte. metropoles.com


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *