Em menos de um mês, Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

Em menos de um mês, Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

Nelson Teich substituiu Henrique Mandetta em 17 de abril.


O ministro da Saúde Nelson Teich acaba de deixar o comando do ministério da Saúde. O médico oncologista durou menos de um mês no cargo. Teich substituiu o então exonerado Luiz Henrique Mandetta. Um dos motivos do desgastes de Teich seria o seu alinhamento às recomendações de isolamento social sugeridas pela Organização Mundial da Saúde, entendimento contrário ao do presidente Jair Bolsonaro.

Nesta semana Nelson Teich sofreu uma reprimenda pública do presidente Jair Bolsonaro. Um dias antes do então ministro anunciar medidas de um plano estratégico nacional para o combate a pandemia no país, Bolsonaro criticou o direcionamento da proposta de Teich. “Todos os ministros precisam estar alinhados a mim”. A declaração foi percebida como uma desautorização de Bolsonaro a iniciativa do ministro que recuou em seu objetivo de apresentar o plano.

Quando assumiu o ministério da Saúde em 17 de abril o médico se mostrou comprometido diante do desafio do novo coronavírus, e declarou.
“Vim para trazer uma vida melhor para as pessoas do Brasil. Recebo essa missão e é uma honra estar aqui. Hoje começo minhas atividades e vou trabalhar muito na qualidade da informação e na interação de equipes”, destacou Teich.

Na manhã desta sexta-feira, 15, Nelson Teich deixou o comando do ministério da Saúde.


Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta