Governo fecha parceria com costureiras para confecção de máscaras

Governo fecha parceria com costureiras para confecção de máscaras

O requerimento 1667/2020, de autoria da deputada Joana Darc (PL) foi atendido pelo Governo do Estado, que fez uma parceria com o Clube de Mães Aparecida, para confeccionar 1 milhão de máscaras de tecidos a serem distribuídas no estado. O projeto “Costurando a Esperança, Protegendo Vidas” foi lançado nesta terça-feira (12) e gerará renda para 200 costureiras.

O pedido da deputada foi feito no início de abril. Na ocasião, a parlamentar justificou que a parceria ajudaria tanto a população do grupo de risco e pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, quanto costureiras que ficaram desempregadas com a pandemia do novo Coronavírus.

“Desde o início da pandemia houve uma corrida mundial em busca de máscaras de proteção e isso fez com que elas sumissem das prateleiras. A alternativa foi utilizar as máscaras de tecido, que podem ser reutilizadas após higienização.
Porém, nem todos têm condições de adquirir as máscaras. Por isso fiz esse indicativo, para que o Governo pudesse viabilizar as máscaras de tecido para quem é do grupo de risco e para quem não consegue comprar”, disse Joana.

O governo atendeu ao pedido e as máscaras serão fabricadas pelo Clube de Mães Aparecida, com quem o Estado fechou um contrato emergencial. O Clube irá contratar as costureiras que fazem parte de cooperativas de Manaus. As máscaras serão distribuídas para a população em situação de vulnerabilidade social, servidores públicos e instituições que atuam com pessoas em situação de risco como mulheres, idosos, crianças e adolescentes, Pessoas com Deficiência (PcD), população em situação de rua e o público Lgbtqi+.

“Com essas máscaras, diminuiremos consideravelmente os riscos de contágio, conforme já foi provado. Vale ressaltar que essas máscaras serão produzidas conforme orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde”, completou a deputada.

Deixe uma resposta