Vereador é preso suspeito de fraude em compra de respiradores

Vereador é preso suspeito de fraude em compra de respiradores

Aquisição emergencial de 200 aparelhos custou R$33 milhões.

Rio – O presidente da Câmara de Vereadores de São João de Meriti, Davi Perini Vermelho, foi preso, na manhã deste sábado, durante a Operação Oxigênio, realizada pela Polícia Civil, que investiga a venda irregular de respiradores para o estado de Santa Catarina.

O Departamento de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) descobriu, durante as investigações, a fraude na negociação de 200 respiradores que tiveram contratos superfaturados, no valor de R$ 33 milhões, pagos de forma antecipada pelo governo de Santa Catarina.

De acordo com a especializada, os equipamentos foram vendidos pela empresa VeigaMed, sediada em Nilópolis, na Baixada Fluminense, de forma irregular, sem licitação para aquisição emergencial.

O vereador de São João de Meriti, foi identificado nas investigações como sendo o comprador da empresa VeigaMed. Além dele, também foi preso o advogado Cesar Augustus Martinez Thomaz Braga, que teria firmado documentos na qualidade de Diretor Jurídico do grupo empresarial.

Fonte. Thuany Dossares – odia.com


Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta