Artigo. Terra de corruptos

Carlos Santiago é Sociólogo, Analista Político e Advogado. Uma terra de belezas naturais e com riquezas materiais e imateriais imensuráveis, mas com um povo que sofre por causa da corrupção institucionalizada. O parlamento é composto por corruptos pagos mensalmente com o dinheiro das licitações fraudulentas do transporte coletivo; o Poder Executivo cobra propinas das empreiteiras […]

Leia mais

Comitê solicita fiscalização sobre o uso de recursos de emendas parlamentares nas eleições 2020

O Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral ingressou, nesta terça-feira, 14/01, junto ao Ministério Público do Estado do Amazonas com representação para apurar e fiscalizar o uso de recursos oriundos das emendas parlamentares impositivas afim de evitar possíveis desequilíbrios nas eleições municipais 2020. O pedido tem como foco as […]

Leia mais

Artigo. Vaidades das vaidades

Carlos Santiago é Sociólogo, Analista Político e Advogado. Somos diariamente cobrados pela família, pela sociedade, pelo namorado (a), pelo mercado e até pelo Estado: ter uma profissão é necessário; é preciso ganhar muito dinheiro para comprar bens materiais; é preciso status; é preciso conquistar um ótimo namoro ou casamento perfeito; é preciso estar no padrão […]

Leia mais

Carlos Santiago é empossado membro da Academia de Letras e Culturas da Amazônia

O articulista do Portal do Norte Carlos Santiago, foi empossado na última sexta-feira (13) como membro da Academia de Letras e Culturas da Amazônia – ALCAMA. Santiago é sociólogo, advogado, analista político, marketeiro, presidente da Comissão de Reforma Política e Combate à Corrupção Eleitoral da OAB e ex-presidente da Associação dos Cientistas Sociais do Amazonas.

Leia mais

Suicídio

Carlos Santiago é Sociólogo, Analista Político e Advogado. Ele caminhava em direção oposta à vida. Tinha um aspecto estranho, mórbido. Sei que não possuía mais um semblante de humano. Era apenas um corpo, um espectro. O rosto e o corpo eram juvenis, mas o seu olhar já não tinha vida. Havia ultrapassado as três barreiras […]

Leia mais