Liverpool vence Flamengo e conquista Mundial de Clubes

Liverpool vence Flamengo e conquista Mundial de Clubes

Campeão da Libertadores resistiu até o 1° tempo da prorrogação quando ingleses marcaram 1 a 0.

O Liverpool derrotou o Flamengo por 1 a 0 na tarde deste sábado (21) e conquistou pela primeira vez o título do Mundial de Clubes da Fifa. A vitória da partida, realizada no estádio Khalifa International, em Doha (Catar), foi obtida apenas na prorrogação, graças ao gol do atacante brasileiro Firmino, após empate sem gols nos 90 minutos iniciais. Com este triunfo, o Liverpool, de certa forma, devolve a derrota de dezembro de 1981, quando a taça ficou com um Flamengo que, comandado pelo craque Zico, venceu por 3 a 0 no estádio Nacional de Tóquio.O Jogo
O time inglês começou melhor, com 40 segundos o brasileiro Roberto Firmino recebe lançamento de Alexander-Arnold e fica cara a cara com o goleiro Diego Alves. Porém, o atacante é pressionado por Rodrigo Caio e tem o chute desviado. Aos 4 minutos o Liverpool tem nova oportunidade de marcar. O egípcio Salah recebe na esquerda e toca para Keita, que chega chutando, mas errado.

Dois minutos depois a equipe da terra dos Beatles tem nova oportunidade, com chute de fora da área do lateral Alexander-Arnold, mas a bola vai por pouco para fora. Após esta pressão inicial o jogo diminui de ritmo, com as duas equipes não se arriscando tanto, mantendo a linha de defesa baixa e tentando abrir espaços com trocas de passes.

Aos 26 nova chance clara de Bruno Henrique, ele recebe lançamento nas costas do lateral Alexander-Arnold e avança. Mas na hora do chute é bloqueado pelo zagueiro Joe Gomez. A partir desse momento a equipe comandada pelo técnico português Jorge Jesus passa a ter mais posse de bola, e aposta nas jogadas pela esquerda, com Bruno Henrique.

Vitória no tempo extra
Desde o primeiro minuto da prorrogação o Flamengo dava sinais de uma queda no aspecto físico. Isto fica mais evidente aos 8 minutos, quando Henderson lança Mané, que, com grande liberdade, toca para Firmino, que se livra da marcação e chuta para o fundo do gol de Diego Alves.

 

 

 

 

Deixe uma resposta