Racing entra na disputa com o Palmeiras para contratar Sampaolli

Segundo o site argentino Infobae, um dos mais importantes veículos de mídia do país, o Racing fará de tudo para vencer a “queda de braço” com o Palmeiras e ficar com o técnico Jorge Sampaoli se ele de fato deixar o Santos ao final do Campeonato Brasileiro.

O veículo salientou que, pelo fato da Argentina estar em crise econômica, não será possível para o time albiceleste concorrer com o Verdão em termos financeiros.

No entanto, o clube de Avellaneda tenta usar outros atrativos para convencer Sampaoli.

“Por não contar com uma economia forte como a do Brasil, as ferramentas do Racing para lutar por Sampaolis e amparam em um projeto esportivo geral, que não só se baseia na equipe profissional”, diz o Infobae, afirmando que o técnico teria controle também da base.”Ademais, a ideia do clube é de manter a maioria do plantel atual, para que o novo treinador só tenha que reforçar alguns setores da defesa (as laterais) e talvez na ofensiva o setor de criação de jogadas. Em Avellaneda, há material para sonhar grande. Só falta um líder”, completou.

O site ainda apurou com o entorno de Sampaoli que ele já está decidido a deixar o Santos por duas razões: a saída de Paulo Autuori e a falta de dinheiro para contratar reforços para a próxima temporada.
O veículo também garante que o técnico demonstrou “entusiasmo” em comandar o Racing na próxima Libertadores na conversa que teve com Diego Milito, atual diretor de futebol do Racing, durante encontro recente no Brasil.

A dois jogos do fim do Argentino, o Racing está em 4º lugar, 3 pontos atrás do líder Boca Juniors, e ainda disputa o título da competição.

Nas próximas rodadas, o time comandado por Eduardo Couted, que será o novo comandante do Internacional, pega Lanús e Tigre

Fonte. ESPN


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *