Marta desabafa e emociona brasileiros após eliminação da seleção

Marta Viera da Silva, 33 anos, alagoana de Dois Riachos, seis vezes considerada a melhor jogadora de futebol do mundo, chora após a derrota da seleção brasileira na partida contra as francesas, neste domingo, 23, em Le Havre, na França. E desabafa: Não vai ter Marta, Formiga e Cristiane pra sempre”, em tom de alerta à nova geração de meninas e à falta de apoio do governo e patrocinadores ao futebol feminino no Brasil.

A ser entrevistada pela reportagem da Tv Globo se a Copa do Mundo de 2019 foi especial para o futebol feminino, ela admitiu que sim. Em seguida, declarou o fim do ciclo protagonizado por ela, Formiga e Cristiane. “Se valorizem mais! (…) A gente tem de chorar no começo para sorrir no fim. Querer mais, se cuidar mais, estar pronta para jogar 90 minutos e mais 30”, disse a camisa 10 da seleção brasileira.
 
Igualdade de salários
Sem o patrocínio da Pluma, desde julho do ano passado, nesta Copa do Mundo, Marta com mais de 100 gols pela seleção, entrou em campo com chuteiras da campanha pela igualdade de salários entre homens e mulheres e por mais investimentos para o futebol feminino.
É desigual e injusta, a luta de Marta e o mercado formado por grandes empresas esportivas mundiais. Mas, não o suficiente para acabar ou arrefecer o ânimo dessa nordestina vencedora como mulher e desportista no mundo. Parabéns, Marta, você representa o povo brasileiro. Torcemos para que a Confederação Brasileira de Futebol – CBF não faça “ouvido de mercador” ou tente ignorar sua emocionante e forte mensagem para evolução do futebol feminino no país.
Fonte. Wilson Reis – portaldonorte.com
Foto. G1 Globo

Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *