Brasil vence o Peru e é campeão da Copa América

Brasil venceu o Peru neste domingo por 3 a 1, no Maracanã, e se tornou o campeão da Copa América 2019. Everton Cebolinha abriu o placar, que foi empatado com um gol de Guerrero. Gabriel Jesus, que foi expulso no segundo tempo, fez 2 a 1 ainda antes do intervalo e, no segundo tempo, Richarlison definiu a vitória batendo um pênalti sofrido por Everton. A seleção brasileira, que mantém a invencibilidade de nunca ter perdido uma Copa América em que foi o país sede, chegou ao seu nono título sul-americano.

Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, a seleção brasileira pareceu que manteria a final sem chance para zebra: Gabriel Jesus fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau, onde Everton apareceu livre para abrir o placar com um chute de primeira. Os brasileiros só foram ameaçados aos 40, quando Cueva invadiu a área pela direita e viu seu cruzamento rasteiro ser desviado pelo braço de Thiago Silva. O árbitro marcou pênalti, revisou a jogada no VAR e confirmou a penalidade, convertida por Guerrero. O Peru estava contente em ir para o intervalo com um empate mas, nos acréscimos, Roberto Firmino roubou a bola no campo de ataque e tocou para Arthur, que contou com um escorregão de Zambrano para deixar Jesus na cara do gol. O camisa 9 bateu cruzado, fazendo 2 a 1 para os donos da casa.

O Brasil começou o segundo tempo criando chances com Firmino, mas viu a final se complicar quando, aos 25 minutos, Gabriel Jesus foi expulso ao tomar o segundo cartão amarelo após disputa pelo alto com Zambrano. O Peru ensaiou uma pressão e chegou a assustar Alisson em chegadas perigosas de Trauco e Flores. Aos 44 minutos, Everton tabelou com Arthur e, na disputa com o goleiro Gallese, foi empurrado dentro da área por Zambrano.

O árbitro apitou o pênalti, reviu o lance no VAR e, novamente, manteve a marcação. Richarlison, que superou uma caxumba no meio do torneio, bateu no cantinho e saiu para comemorar o 3 a 1, que decretou o primeiro título do treinador Tite no comando da seleção brasileira.

Coube ao capitão Daniel Alves receber o troféu das mãos do presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, e erguer o troféu. O lateral de 36 anos também foi eleito o melhor jogador da Copa América. Alisson recebeu o prêmio de melhor goleiro e Everton, com três gols, ganhou o troféu de artilheiro do campeonato

 

 

 

 

Fonte. EL PAÍS
Foto. EL PAÍS


Redação Portal do Norte

Redação Portal do Norte

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..
Redação Portal do Norte

 

Manaus, Amazonas, Amazônia, Brasil, Comunicação, Imprensa, Notícias..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *