Homem é preso por abusar sexualmente da enteada, uma criança de 11 anos

Cotidiano

Na manhã desta sexta-feira (13/12), a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), falou durante coletiva de imprensa, realizada às 9h30, no prédio da especializada, sobre o cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável e maus-tratos, em nome de homem de 41 anos, que abusou sexualmente da própria enteada, uma criança de 11 anos. A prisão foi efetuada na manhã de hoje, por volta das 7h, na casa do infrator, situada no bairro Zumbi dos Palmares, zona leste da capital.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, duas crianças, sendo um menino de 3 anos e uma menina de 11 anos, foram resgatadas pelo Conselho Tutelar, após o órgão receber a informação que essas crianças estariam sendo vítimas de maus-tratos.

Ainda de acordo com Joyce, o padrasto das crianças chegava à casa da família sob efeito de bebidas alcoólicas, e os enteados passavam fome. A equipe policial foi informada que o homem abusava sexualmente da garota de 11 anos, e a mãe dessas crianças, uma mulher de 35 anos, tinha conhecimento da situação.

“O relato da menina de 11 anos constatou os abusos que aconteciam há cerca de cinco anos. Informo que a mãe das vítimas é deficiente visual, mas era conivente com a situação, por esse motivo ela também foi indiciada. Devido à gravidade da situação, as crianças foram retiradas da casa onde moram e foram levadas para uma instituição de acolhimento. Elas passaram por exames e acompanhamento médico,” destacou Coelho.

A titular da DEPCA representou à Justiça o pedido de prisão em nome do casal. A ordem judicial foi expedida no dia 11 dezembro de 2019, pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, do plantão criminal. Ao longo dos trabalhos realizados pela equipe da especializada, na manhã desta sexta-feira, foram efetuadas as prisões dos infratores, na casa deles, localizada no endereço mencionado.

Casal indiciado
O casal foi indiciado por estupro de vulnerável e maus-tratos. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da DEPCA, eles serão levados para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado no bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

Fonte – Secom Am

Fotos – Alailson Santos/PC-AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *