Hospital de campanha recebe tomógrafo

Manaus

O hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, ganhou mais um espaço para proporcionar melhores resultados aos pacientes. A sala de tomografia permite diagnósticos precoces para atender as vítimas da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, que já estão internadas na unidade de saúde, bem como os novos pacientes.

“Não canso de agradecer ao grupo Samel, na pessoa de seu diretor-presidente Luís Alberto Nicolau, que acreditou e foi a primeira empresa a investir no nosso hospital de campanha, que tem a direção do Dr. Ricardo Nicolau. Os pacientes que lá estão recebem atendimento com os mesmos protocolos da rede particular, que tem sido referência no tratamento aos acometidos pela Covid-19, e curado muitas pessoas com o uso do ‘método Vanessa’, de ventilação não invasiva. E agora, esse equipamento nos dá uma esperança ainda maior”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A sala de tomografia já está funcionando e, a partir de agora, será possível antecipar o diagnóstico e ter controle maior dos pacientes atendidos. Na sexta-feira, 1º de maio, um paciente do sexo masculino, de 45 anos, que deu entrada no hospital no dia anterior, foi o primeiro a utilizar o equipamento.
“Vamos poder dar um diagnóstico precoce e fazer um controle desses pacientes, oferecendo tratamento ainda melhor, pois será possível acompanhar o desenvolvimento dessas pessoas, se estão melhorando, se será preciso mudar a terapia. Então, com esse tomógrafo, eles vão se beneficiar muito”, explicou o médico Juan Carlos Dimas.

Atendimento – Em menos de um mês de operação, mais de 60 pacientes diagnosticados com a Covid-19 já receberam alta médica. Atualmente o espaço conta com 76 leitos ativos, sendo 38 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 38 de semi-intensiva. Mais 20 leitos devem entrar em operação nos próximos dias. A capacidade total da unidade é de 279 leitos. O hospital de campanha não funciona de portas abertas, como pronto-socorro. Os pacientes que lá se internam são transferidos de outras unidades de saúde, por meio da Central de Regulação.

Fotos. Nathalie Brasil – Semcom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *