Igarapé do Mindu recebe dragagem prevenindo inverno amazônico

Manaus

Ação pretende evitar alagação num trecho de 4 km de extensão.

O igarapé do Mindu, um dos mais importantes da malha hidrográfica da cidade de Manaus começou a receber na região da zona leste o trabalho de dragagem e desassoreamento como forma de prevenção à transbordamento do seu leito durante o inverno amazônico, período climático de maior intensidade das chuvas (dezembro-maio), que costuma provocar alagações e desabrigo.

A ação tem por objetivo desobstruir e limpar mais de 4 quilômetros do fluxo das águas do igarapé e assim minimizar o impacto aos moradores que vivem nas margens do Mindu, no trecho referente às comunidades do Bairro Novo, Monte Sião 1, 2 e 3, e também Val Paraíso, já no bairro Jorge Teixeira.

Todos os anos é comum a imprensa manauara reportar inúmeros casos de famílias em situação de vulnerabilidade social, desabrigadas, como consequência da subida das águas dos igarapés que invadem e destroem residências. O alto índice pluviométrico no inverno amazônico é um fenômeno anunciado e recorrente na capital do Amazonas.

Com esta ação de infraestrutura fica a expectativa de que neste inverno haja um número menor de famílias a serem retratadas como personagens estigmatizados nos noticiários factuais quando da divulgação das ações emergenciais e institucionais de órgãos como o Corpo de Bombeiros, Defesas Civil, Assistência Social e Defensoria Pública.

Fotos. Alex Pazuello – Semcom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *