Josué Neto contra interesse da População

Destaques

Manipulação, mentira e mais uma vez Josué tropeça nas próprias pernas.

O que a busca pelo poder não faz com um homem. O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), deputado Josué Neto, deu provas nesta terça-feira de que é capaz de tudo em nome do projeto de poder dele, usando de manobras e mentiras.

Nesta terça-feira, Josué assumiu o cargo de governador em exercício, já que o governador Wilson Lima está na Cúpula do Clima da ONU, na Espanha e o vice-governador Carlos Almeida, está em Brasília acompanhando a votação da Lei de Informática. Mas nessa terça-feira também foi dia de votação de projetos importantes para o Estado.

Entre os Projetos, o que permite o Governo do Amazonas contratar R$ 1 bilhão do Banco Mundial, a juros baixos, recurso que financiará investimentos no Estado em diversas áreas, incluindo a Saúde. Outro projeto garante o Estado receber R$ 240 milhões da Petrobras, valor de infrações devidos pela estatal ao Estado.

Com os titulares eleitos pelo povo estavam ausentes, em compromissos fora do Estado, Josué aproveitou para manobrar a votação e impedir que os projetos do Governo não fossem votados, ao menos nessa terça-feira. No meio político, Josué é conhecido como aquele que cria dificuldade para vender facilidade. Como ficou à margem do processo eleitoral de 2020 dentro do partido dele, o PSD, agora Josué tenta se mostrar importante, mas mais uma vez está tropeçando nas próprias pernas.

Como não conseguia impedir a votação das matérias estando, ao mesmo tempo, no cargo de governador em exercício, pasmem, renunciou à governança para voltar para a Assembleia e presidir a sessão.

Josué ligou para o presidente do Tribunal de Justiça, Yedo Simões, para dizer que renunciaria à governança para impedir a aprovação de um dos projetos do Governo, porque esse diminuiria o repasse de recursos para os poderes. Ele falava do PL do Governo que permite o Estado receber R$ 240 milhões em dívidas da Petrobras, medida que foi acordada no Conselho que reúne as secretarias de Fazenda de todo País, o Confaz.

Mentira. O Governo está renunciando parte de multas e juros para receber valor que a Petrobras deve há anos ao Estado e que contestava judicialmente, como forma de protelar o pagamento.

Enlouquecido, Josué chegou a ofender colegas deputados, que compõem a base do Governo, nos corredores da Assembleia.

Josué tentou manipular, manobrou para dificultar as votações, mas a maioria venceu. Os projetos do Governo foram aprovados e mais uma vez Josué tropeçou nas próprias pernas, mostrando quem de fato é: um duas caras, que faz tudo por poder.

Foto. Rede Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *