SPAs estão operando no ‘limite’

Destaques

Boletim deste sábado (18), apontou 161 óbitos e 1.897 pessoas infectadas pelo Covid-19.

A condição do atendimento à população em algumas unidades de Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) em Manaus chamou a atenção durante a entrevista coletiva on line que as autoridades estaduais de Saúde do Amazonas concederam na tarde deste sábado, 18. Vídeos que circularam na internet geraram questionamentos a respeito da presença ou não, de profissionais de saúde que deveriam estar em seus plantões nos postos de trabalho, cenário explicado pela secretária estadual de Saúde, Simone Papaiz.
“Todas as unidades estão trabalhando no seu limite máximo de capacidade operacional. Só no SPA Alvorada em uma semana teve o afastamento de 52 profissionais, isso impacta sim no número de atendimento e quando nos temos uma diminuição destas isso reflete na capacidade de operação”, argumentou a secretária.

Simone Papaiz falou também do déficit histórico de recursos humanos em toda a rede de saúde e de como a Susam está encaminhando as demandas para atravessar estes tempos de dificuldades com a pandemia.
“Hoje mais de 376 profissionais de saúde estão afastados pela doença, que saíram de casa pra fazer o cuidado e estão de licença médica. Nas últimas 72 horas a secretaria de Estado convocou 517 profissionais do Concurso de Bombeiros de 2009. São Médicos, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fisioterapeutas, Assistentes Sociais e Técnicos, eles vão fazer o incrementos de linha de frente e hoje já iniciaram na unidade da Nilton Lins”, confirmou Simone.

Semanas desafiadoras – De acordo com os números do boletim de atualização de informações sobre monitoramento de casos e medidas de prevenção e controle do novo Coronavírus no Amazonas, apresentado neste sábado, 18, pela Diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Pinto, todos no estado do Amazonas devem redobrar seus cuidados.

“Não estamos perto do achatamento da curva de contaminação do Covid-19, pelo contrário, temos pela frente ao menos 4 semanas ruins nas quais o número de vítimas deve aumentar como consequência de as pessoas nem sempre aderir o isolamento social”, alertou Rosemary.

O Amazonas registrou 88 novos casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Os números foram confirmados pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) no sábado (18). Já são 1.897 pessoas infectadas no Estado e 161 óbitos. Deste total, 1.593 são em Manaus e 304 no interior do Amazonas. Vinte e três municípios têm casos confirmados da doença, 430 pessoas estão fora do período de transmissão e 681 estão internadas, sendo 81 em estado grave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *