‘Garrote’ pega 18 anos de prisão em Júri Popular

Márcio Diogo, denunciado pelo MPF, trocou tiros com agentes da Polícia Federal a bordo de lancha no rio Negro em 2013

O tribunal do júri popular condenou Márcio Ramalho Diogo por tentativas de homicídio contra nove policiais federais e por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Márcio Diogo, também conhecido como “Garrote”, foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) depois de atirar contra policiais em missão de patrulhamento fluvial no rio Negro, em Manaus (AM). (mais…)

0 Comentários