MPAM inicia interrogatório de envolvidos e TJAM mantém prisão de Adail Pinheiro

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) iniciou nesta segunda-feira, 30/9, o deslacre de todo material apreendido durante a Operação ‘Patrinus’, deflagrada na última quinta-feira, em Manaus e Coari. É parte essencial para a colheita de provas, como avalia a Procuradora-Geral de Justiça Leda Mara Nascimento Albuquerque. “Hoje pela manhã foi ouvido um dos envolvidos, mas ainda há a necessidade de oitiva dos demais. O Gaeco vem trabalhando de forma muito intensa, com muito comprometimento, com muita responsabilidade, para que esse período de colheita de provas se conclua o mais rápido possível”, disse a Procuradora-Geral. (mais…)

0 Comentários