Depósito prévio para internação em hospitais está proibido, alerta Procon

O Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (Procon-AM) realizou, nesta segunda-feira (29/07), fiscalização em sete unidades hospitalares da rede particular que funcionam em Manaus (Hapvida, Prontocord, Check Up, Santa Julia, Sensumed, Santo Alberto e Adventista) sobre o cumprimento da Lei Estadual 4.781/2019, que proíbe depósito financeiro prévio para internação de pessoas doentes em situação de urgência ou emergência médica em clínicas e hospitais privados, como garantia do atendimento. (mais…)

0 Comentários